22 de agosto de 2013

Massa de Pimentão

Hoje estive em casa de um Amigo e a mãe dele falou-me de uma massa de pimentão doce que costuma fazer em casa. Ela já no ano passado me tinha falado disso, e já no ano passado eu fiz uma pequena quantidade da dita massa; mas este ano decidi fazer de forma diferente. A mãe do Amigo deu-me novamente duas receitas, uma de pimento cru e outra de pimento cozido. 
Quando fiz a primeira vez, cozi os pimentos. Não gostei lá muito porque ficou insípido e desinteressante... Desta vez não cozi, mas deixo-vos as duas receitas, e escolhem a que mais gostarem...

Ponderem fazer esta receita quando forem ao supermercado e quiserem  comprar massa de pimentão. Pelo preço, quantidade de corantes e conservantes, e data de validade, vale a pena fazer em casa :D


Massa de Pimentão (cozida)
      pimentos vermelhos (a quantidade que se quiser)
     ► sal
      azeite
      alhos (opcional)

1. Numa panela colocar água a ferver.
2. Abrir os pimentos ao meio e limpá-los de sementes. Lavá-los. (podem ser partidos mais pequeninos, já que no final são para triturar)
3. Quando a água estiver a ferver, juntar os pimentos e deixá-los cozer.
4. Depois de cozidos, escorrê-los muito bem.
5. Com a ajuda de uma 1,2,3 ou varinha mágica (ou outro utensílio qualquer) triturar os pimentos. Se optar por juntar o alho, agora é a altura de os adicionar, quando estiver a triturar os pimentos.
6. Arranje um medidor (uma chávena de chá, por exemplo) e faça a medida de 2 para 1, ou seja, para cada 2 medidas de pimento triturado, coloque 1 medida de sal.
Misture bem.


Massa de Pimentão (crua)

      pimentos vermelhos
     (a quantidade que se quiser)
      sal
      azeite
      alhos (opcional)

1. Abrir os pimentos ao meio e limpá-los de sementes. Lavá-los. (podem ser partidos mais pequeninos, já que no final são para triturar)
2. Num alguidar, colocar uma camada de pimento, outra de sal, e assim por diante até terminar o pimento.
3. Deixar em repouso por 1 ou 2 dias (eu não gosto de deixar muito tempo, porque os pimentos já estão bem maduros, pelo que começam a deixar cheiro como se estivessem a apodrecer...)
4. Com a ajuda de uma 1,2,3 ou varinha mágica (ou outro utensílio qualquer) triturar os pimentos. Se optar por juntar o alho, agora é a altura de os adicionar, quando estiver a triturar os pimentos. (em vez de descascar o alho e cortá-lo, colocar os dentes dentro de um guardanapo e martelá-lo com o cabo de uma faca de madeira ou com o martelo de marisco, depois é só retirar a casca)


Para guardar a massa, há que arranjar frascos de vidro (reutilizar os frascos de salsichas, grão, feijão, doce, etc).
Para uma forma mais correcta de armazenamento, deve-se esterilizar os frascos:
     → colocar água a ferver
     → colocar o frasco dentro da panela e deixar ferver por cerca de 15/30min
      não limpar o interior mas deixar evaporar ou utilizar logo de seguida
Encher o frasco quase todo com o preparado da massa, e terminar o enchimento com azeite, que evita que a massa ganhe bolor e permite a conservação por muito tempo.
Quando utilizar, se necessário reponha o azeite, caso contrário pode abolorecer.

Sem comentários:

Enviar um comentário